Vida… de encontros e despedidas!

 

Vida tem que ser real, senão não é vida… É morrer de saudade a cada instante!

Vida que vem e que vai… Muitas das vezes mais vai do que vem e sem dizer adeus. Por quê?

Milton coloca isso lindamente em encontros e despedidas…

Todos os dias é um vai-e-vem
A vida se repete na estação
Tem gente que chega prá ficar
Tem gente que vai
Prá nunca mais…

Dói não saber se você chegou pra ficar ou se foi pra nunca mais… Quem sabe isso quer dizer amor, será?

Se nada posso fazer no momento, sigo cantando e procurando entender o significado da sua vinda em minha vida…

Tem gente que vem e quer voltar
Tem gente que vai, quer ficar
Tem gente que veio só olhar
Tem gente a sorrir e a chorar
E assim chegar e partir…

Pra quem chegou lentamente… Você foi paz e e fez-se gente, fazendo-me feliz e deixando-me contente, e não poderia querer nada além. Nada além de uma ilusão, será? Tenho chaves, mesmo que habitatas em  mundos paralelos, tenho aval de trânsito livre e até telefones eu tenho, mas me falta o essencial… Você!

Só espero que a hora do encontro não seja também a da despedida… Que os sonhos acordem e nos mostrem a estrada de fazê-los acontecer!

Sigo alinhavando destinos… Interminável e internitentes, que sejam, mas sempre o será… Vida!

…É a vida desse meu lugar
É a vida desse meu lugar
É a vida…

Eu sou…Vida!

Vida… Que sou pra você!

♥ 

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Gil Gavioli
    abr 13, 2011 @ 16:25:58

    Sempre repito as mesmas palavras. Lindo seus alinhavos e merecedores de aplausos.
    A vida é assim mesmo, de encontros e despedidas. Tenho ficado preocupado, pois as despedidas estão sendo maiores que dos encontros…
    Carinhos

    Responder

  2. gracaceia
    abr 14, 2011 @ 06:54:55

    Brigadinhu, Gil, por chegar até aqui…
    Tem gente que vem só olhar, o que não é o seu caso, pois sempre enriquece minha alma com seus comentários.
    Que você seja o que veio e na medida do possível vá ficando… Há sempre um lugarzinho pra que possa desfrutar desses alinhavos, visse amado!
    A vida sempre será de encontros e despedidas… Resta-nos aprender a conviver com essa dualidade existencial! Sei que é difícil e que, às vezes, o processo se dá de forma tão dolorida, mas tenha certeza de que em cada estação há um aprendizado e não podemos fugir se desejarmos alcançar o Nirvana. E mais uma vez vem à tona o nosso livre arbítrio… Ser ou não-ser? Só depende da gente!
    Preocupe-se, não. Deus está no controle!
    Carinh♥s…

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: