Cativemo-nos…

Imagem

“… não vou te deixar
porque me cativastes
Agora és responsável por aquilo que cativas…”

Palavras ecoando ainda estão
Por isso deixo a você, Arcanjo, que me cativou
e faz a cada dia minha alma cantar,
um cadinho dos meus alinhavos poéticos
simples maneira de nos co-responsabilizar…

Como fazê-lo entender
Que muito do meu falar
São expressões do meu bem querer
Nada há muito a se explicar
Apenas sentir, viver e amar…

Sigo, sentindo sensações suaves, sinalizando sentimentos sem subtrair  sua subjetividade…

Anúncios

Ter ou não ter…

Imagem

Estou aqui pensando no que li…

“… Ter alguém é escolha, escolher permanecer junto uma decisão; e exige compromisso, entrega, honestidade e dedicação.
Amor é não enjoar de amar!
Rostinho bonito envelhece,
maquiagem sai com água,
pele bonita enrruga,
cabelo lindo fica branco,
corpo definido cai,
mas o caráter fica…”

Rostinho bonito? Deixou marcas e foi marcado pelo tempo…
Maquiagem? Desfez-se em purpurina e brilha n’alma…
Pele bonita? Ah, essa já enrrugou-se…
Cabelo lindo? Prateou-se qual raio de luar…
Corpo definido? Há tempo definiu-se como caidinho pela vida…
Caráter? Esse existe, mas faz tempo que não é valorado e acaba passando despercebido… C’est la vie!

Será por isso que vivo só… “Só nhando!”
Mas como bem disse minha amiga, Catarina Ribeiro, lá no facebook “passar o Dia Dos Namorados solteiro é o mesmo que passar o dia de finados vivo. Você não participa da comemoração, mas pode ser que esteja bem melhor que os homenageados!”

Sigo com meus questionamentos filosóficos, mas não ficarei mais expondo-os, por hoje, porque o texto já ultrapassou o limite da “leitura degustável”… Até a próxima!

Lembrem-se…Ter alguém e escolher permanecer junto a esse alguém é uma escolha que requer uma decisão consciente e amorosa.

Sintam-se beijad♥s por mim…